TInformando - links para os meus blogs, YouTub e facebook http://tinformando-meus-blogues.blogspot.com/

sábado, 24 de junho de 2017

ADEVA abre vagas para curso intensivo de desenvolvedores web.

Mundo Cegal: Curso de desenvolvedor web na ADEVA

Entrada
x

Diniz por  mundocegal.com.br 

11:12 (Há 5 horas)
para divulgacoes
ADEVA abre vagas para curso  intensivo de desenvolvedores web.

a ADEVA - Associação de Deficientes Visuais e Amigos, ministrará um curso intensivo de desenvolvimento web com ênfase em acessibilidade, para pessoas com deficiência visual total ou parcial.
O curso terá início logo que as vagas forem preenchidas e o mesmo irá até 20 de julho.
Os candidatos que apresentarem bom desempenho durante o curso, ao final poderão ser encaminhados para trabalhar fulltime, como testadores de acessibilidade web and mobile.
Requisitos:
1. Conhecimentos dos navegadores web Internet Explorer, Firefox e Google Chrome;
2. Residir em São Paulo capital, ou em municípios vizinhos e de fácil acesso;
3. Ter disponibilidade em horário integral, das 08:00 às 18:00;
4. Possuir familiaridade no uso de android ou iPhone;
5. Para cegos, ter conhecimentos de Jaws, NVDA e Virtual Vision;
6. Para baixa visão, saber manipular as ferramentas de zoom dos navegadores;
7. Diferenciais: informática avançada, domínio de alguma linguagem de programação e experiência na área de Tecnologia da Informação.
Os interessados devem enviar currículo para o email:


sábado, 10 de setembro de 2016

Bate-papo com a surdo cega Maria Olindina « Programa Especial





Enviado em 1 de nov de 2010
Confira um emocionante bate-papo com Maria Olindina que nasceu surda e ficou cega. E seu filho Carlos que traduz através de libras tátil nossa entrevista com a surdo cega. Maria escreveu um livro onde conta sobre sua trajetória de vida.

Child Devel - Deaf-Blind Education In Russia - Educação de Surdos-Cegos ...







Enviado em 4 de fev de 2011
Child Develepment. - Deaf-Blind Education In Russia - O Desenvolvimento da Criança - Educação de Surdos-Cegos Na Rússia
  • Categoria

  • Licença

    • Licença padrão do YouTube

Surdocego "assistindo" a jogo da Copa: Brasil e Croácia (com Legenda na ...







Publicado em 12 de jun de 2014
No dia 11/06/14 acordei pela manhã com uma vontade de chamar meu amigo Carlos (surdocego) para assistir a abertura da Copa, mas precisaria de algumas adaptações para que ele entendesse melhor! Além da Libras-Tátil optamos (a Regiane e eu) também pela comunicação háptica para passar algumas informações como :Faltas, cartões, Times, números da camisa dos jogadores entre outras!

Ao chegar na minha casa, o Carlos me relatou que durante a semana estava orando e pediu a Deus que Ele usasse alguém para ajuda-lo na interpretação do jogo da copa, e no final ele disse que Deus foi além das expectativas dele!

Espero que nós guias-intérpretes tenhamos feito o dever de casa!

Agradeço a Deus por me permitir ser usado por Ele!

Com legenda em inglês e português na fala do Carlos no final do vídeo!



On 6/11/14 I woke up in the morning with an urge to call my friend Carlos (deafblind) to watch the World Cup opening, but would need some adjustments for him to understand better! Beyond Pounds Tactile-opted (a Regiane and I) also for haptic communication to pass some information like: Fouls, Cards, Teams, the shirt numbers of players and others!

Upon arriving at my house, Carlos told me that during the week I was praying to God and asked Him to use someone to help you in interpreting the Cup game, and at the end he said that God was beyond his expectations!

Hope we guides-interpreters have done your homework!

I thank God for allowing me to be used by Him!

With subtitles in English and Portuguese speech of Carlos at the end of the video!

Hélio Fonseca de Araújo
Regiane Cunha Pereira
  • Categoria

  • Licença

    • Licença padrão do YouTube

Museo Tiflológico







Publicado em 19 de ago de 2016
Criar um Museu totalmente acessível, onde as peças de arte não estivessem num altar, mas sim ao alcance de todos os visitantes, era um dos sonhos da ONCE: Organização Nacional de Cegos Espanhóis. Um sonho cumprido em 1992, com a abertura do Museu Tiflológico. Neste espaço, todas as peças podem ser observadas com os olhos e sentidas com as mãos

http://museo.once.es/home.cfm?id=103&...

terça-feira, 28 de junho de 2016

1º Encontro de Libras Tátil para Surdocegos: "O Surdocego, nova identidade".

Cleomira Ferreira de Souza

Anexos18:05 (Há 3 horas)
para Cleunice
Divulgando!
Estou enviando  dados do curso de Libras Tátil, e se puderem divulgar agradecemos.


1º Encontro de Libras Tátil para Surdocegos: "O Surdocego, nova identidade".
Datas e horários: 
22 de Julho: 13h até 17h
23 de julho: 8h até 12h
Local: UTFPR Campus Curitiba (Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901), Curitiba - Paraná
Informações e dúvidas: librastatilcwb@gmail.com
___________________________________________
Faça sua inscrição aqui: https://goo.gl/ANU9n5
Taxa de inscrição: Até dia 05 de julho - R$ 70,00
Até dia 15 de julho - R$ 80,00
Após dia 16 até dia 21 de julho - R$ 90,00.
CAIXA ECONOMICA FEDERAL
AGÊNCIA: 1565
CONTA CORRENTE: 013.21931-0
com nome da conta: ROSANI SUZIN/ CHRISTIANE ELIZABETH RIGHETTO.
Imprime o comprovante, e manda para o email com seu nome completo e RG :librastatilcwb@gmail.com
______________________________________________________
Alvo: Surdocegos, surdos, familiares e profissionais na área

Programação:
22 de julhoPalestranteTema
13hsAbertura
13:30Rosani SuzinFerramentas de trabalho com surdocegos e Libras Tátil
14:30Ernesto SilvaIdentidade Surdocega
15:30Intervalo
16hsHabdel HussienO modo de ensinar os alunos surdocegos
17hsDebate


23 de julhoPalestranteTema
8hsIntérpretes de Libras TátilA Prática de Interpretação
9hsIntervalo
9:30Jamir Naby EliasOrientação e Mobilidade para o cego
10:30Debate
11:30Teatro


Esperamos vocês lá...






Cleomira F. Burdzinski 
Chefe - Seção Braille
Biblioteca Pública do Paraná







Área de anexos

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Hoje comemora-se o Dia Internacional da Pessoa Surdocega

http://www.ahimsa.org.br/


João Carlos Cascaes compartilhou a foto de Mara Gabrilli.
34 min
Mara Gabrilli
55 min
Hoje comemora-se o Dia Internacional da Pessoa Surdocega
A data faz referência ao nascimento de Helen Keller, escritora, conferencista e ativista social estadunidense. Ficou surda e cega quando tinha apenas 1 ano e meio de vida em decorrência de uma doença. Ela foi a primeira pessoa surdocega a conquistar o bacharelado.
Em São Paulo, a Associação Educacional para Múltipla Deficiência - AHIMSA realiza atendimentos educacionais para crianças, jovens e adultos com deficiência múltipla sensorial e surdocegueira, visando a sua inclusão na sociedade, oferecendo qualidade de vida a essas pessoas.
Conheça o trabalho deles no site: www.ahimsa.org.br
Descrição da imagem para cego ver: Arte em formato quadrado com o fundo laranja. Sobre esse fundo está a data 27/6 e os dizeres "Dia Internacional da Pessoa", logo abaixo a palavra "surdo" soletrada na linguagem brasileira de sinais e mais abaixo a palavra "cega" em braile.
Curtir
Comentar

Helen Adams Keller - fonte Wikipédia em 27 de junho de 2016



Wikiquote possui citações de ou sobre: Helen Keller
Commons possui imagens e outras mídias sobre Língua de sinais
Helen Adams Keller (Tuscumbia27 de junho de 1880 — Westport1 de junho de 1968) foi uma escritora,conferencista e ativista social americana. Foi a primeira pessoa surda e cega a conquistar um bacharelado.
A história sobre como sua professora, Anne Sullivan, conseguiu romper o isolamento imposto pela quase total falta de comunicação, permitindo à menina florescer enquanto aprendia a se comunicar, tornou-se amplamente conhecida através do roteiro da peça The Miracle Worker que virou o filme O Milagre de Anne Sullivan (1962), dirigido por Arthur Penn (em Portugal, O Milagre de Helen Keller). Seu aniversário em 27 de junho é comemorado como o Helen Keller Day no estado da Pennsylvania e foi autorizado em nível federal por meio da proclamação presidencial de Jimmy Carter em 1980, no centenário de seu nascimento.
Tornou-se uma célebre e prolífica escritora, filósofa e conferencista, uma personagem famosa pelo extenso trabalho que desenvolveu em favor das pessoas com deficiência. Keller viajou muito e expressava de forma contundente suas convicções. Membro do Socialist Party of America e do Industrial Workers of the World, participou das campanhas pelo voto feminino, direitos trabalhistas, socialismo e outras causas de esquerda. Ela foi introduzida no Alabama Women's Hall of Fame em 1971.
Infância e doença[editar | editar código-fonte]
Nascida na cidade de Tuscumbia, Alabama, em 27 de junho de 1880, Helen ficou cega e surda aos 19 meses de idade, devido a uma doença diagnosticada então como "febre cerebral" (hoje acredita-se que tenha sido escarlatina oumeningite). Já nessa época ela conseguia comunicar-se com a filha da cozinheira da família, através de sinais. Aos 7 anos, Keller já tinha mais de 60 sinais com os quais se comunicava com sua família.
Em 1886, sua mãe, inspirada pelo relato de Charles Dickens em American Notes a respeito da educação bem-sucedida de outra mulher surda, Laura Bridgman, despachou a jovem Keller, acompanhada de seu pai, para ver o médico J. Julian Chisolm, especialista em olhos, ouvidos, nariz e garganta, em Baltimore, em busca de aconselhamento. Chisolm encaminhou os Kellers para Alexander Graham Bell, que estava trabalhando com uma criança surda à época. Bell, por sua vez, os aconselhou a contatar a Perkins Institute for the Blind, escola onde Laura Bridgman havia sido educada, localizada em South Boston. Michael Anagnos, diretor da escola, solicitou à ex-aluna, Anne Sullivan, ela própria uma deficiente visual, para tornar-se instrutora de Helen. Este foi o início de uma relação de 49 anos durante a qual Sullivan tornou-se governanta e acompanhante de Keller.
Anne Sullivan chegou à casa de Keller em março de 1887 e imediatamente começou a ensiná-la a se comunicar soletrando palavras em sua mão, a começar pela palavra b-o-n-e-c-a, para a boneca que ela havia trazido de presente. A princípio, Keller ficava frustrada porque ela não entendia que cada objeto possuía uma palavra única para identificá-la. Na realidade, quando Sullivan tentava ensinar para ela a palavra ‘caneca’, Keller ficou tão frustrada que chegou a quebrar a caneca. Seu grande salto evolutivo em comunicação começou no mês seguinte, quando compreendeu que os movimentos que sua professora fazia na palma de sua mão, enquanto deixava a água escorrer sobre sua outra mão, simbolizavam a ideia de ‘água’; a partir de então, ela praticamente levou Sullivan à exaustão demandando os nomes de outros objetos familiares de seu mundo .
Em 1902 estreou na literatura publicando sua autobiografia A História da Minha Vida. Depois iniciou a carreira no jornalismo, escrevendo artigos no Ladies Home Journal. A partir de então não parou de escrever.
Em 1904 graduou-se bacharel em filosofia pelo Radcliffe College, instituição que a agraciou com o prêmio Destaque a Aluno, no aniversário de cinquenta anos de sua formatura.
Ao longo da vida foi agraciada com títulos e diplomas honorários de diversas instituições, como a universidade de Harvard e universidades da EscóciaAlemanha,Índia e África do Sul. Em 1952 foi nomeada Cavaleiro da Legião de Honra da França. Foi condecorada com a Ordem do Cruzeiro do Sul, no Brasil, com a doTesouro Sagrado, no Japão, dentre outras.
Foi membro honorário de várias sociedades científicas e organizações filantrópicas nos cinco continentes.
Socialista[1] , era filiada ao Partido Socialista da América (SPA), onde desenvolveu uma intensa luta pelo sufrágio universal, ou seja, pelo direito a voto às mulheres, negros, pobres etc. Em 1912 se filiou à Industrial Workers of the World (IWW ou "os Wobblies"), passando a defender um sindicalismo revolucionário.